13 outubro 2008

Em terra distante...


Quando tive a oportunidade de vivenciar a floresta eu pude entender este sentimento de arrastar o tempo... De uma maneira muito pessoal me senti encantada pelo senso de beleza e verdade desse cenário que ao mesmo tempo é tão primitivo e essencial pra mim... Passei a fazer parte dessa fusão entre natureza e intuição que é construída a cada dia de entrega nesse lugar, dessa realidade que faço parte agora...
Há tempos tenho vontade de compartilhar essa idéia do tempo e do olhar na Amazônia... Quando cheguei nessa terra distante, a primeira leitura foi do Milton Hatoum, “ Relato de um certo Oriente”, que me ajudou a compreender a relação com o tempo aqui, e ainda me ajuda...

“Compreendi, com o passar do tempo, que a visão de uma paisagem singular pode alterar o destino de um homem e torná-lo menos estranho à terra em que ele pisa pela primeira vez.” Milton Hatoum

Um comentário:

  1. Marcelo Lima Filho24 de julho de 2009 09:28

    Parabéns pelo blogg. As fotos estão maravilhosas ! GOOD JOB. Ganhaste um admirador.
    Marcelo Lima Filho

    ResponderExcluir